Bem-Vindo(a) ao Saikai!
Registre-se para ter acesso a todos os fóruns do RPG e poder interagir com os players. Usuários também podem criar fichas e iniciar seu personagem na história.
Login Registrar-se

[PATCH 1.3]


Formação de Times, clique Aqui.

VIP's Saikai mantenha-se informado da nova novidade, Aqui!

Entre no nosso grupo do Discord Clicando aqui! Não deixem de ler as Regras antes de começar!
Se inscreva no 1º Exame de Graduação Chunin CS

Quer contar sua história? Conte-a Aqui!

Já se informou de todo o sistema? Que tal começar a criar sua Ficha?

Registre o seu personagem para que ninguém use uma réplica igual de sua aparência, em Registro Photo Player.






Foto

[Midori no Kuni] Templo Samurai



Novo Tópico  Responder ao tópico

  • Por favor, inicie sesión para responder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
Fuera de línea
em Dom Dez 31, 2017 12:14 am


avatar

Admin




Escondido entre as montanhas que se perdem entre as montanhas, o estilo de vida de um samurai é completamente distinto dos shinobi e monge, onde a sua doutrina de honra é o verdadeiro caminho para a paz. Os samurais não lutam as batalhas dos shinobi a menos que seu lar esteja correndo perigo. (Para chegar-se a este local, deve ter conhecimento em On game)

- Shintō | Fukkōtō | Jokotō -

Estilo de luta Samurai | Kenjutsu Samurai causam o dobro de dano | Não são permitidos a adição de elemento em seu chakra

Estilo de Luta:


Iaidō
Caminho de Iai
Descrição: O termo Iaidō (居合道) refere-se a um estilo específico de kenjutsu que se preocupa com os movimentos suaves e controlados de sacar a espada da bainha, golpeando ou cortando um adversário, retirando o sangue da lâmina, e, em seguida, colocando a espada na bainha. O movimento linear e força aplicada para desenhar a espada de seu resultado resulta em cortes muito mais rápidos do que os realizados com a espada já desenhada. A velocidade em que as técnicas podem ser executadas — o ataque inicial em particular — é tal, que quando realizado por um usuário hábil, pode prevenir a formação de selos de mão do shinobi inimigo (e, assim, ninjutsu), através da exploração da pequena abertura que esses movimentos criam. Isso os torna altamente eficaz contra a maioria dos shinobi e, potencialmente, os do mesmo calibre de Hanzō, se realizado por alguém que domina o estilo, como Mifune.

Iaigiri
Decapitação do Iai
Rank: B
Descrição: Aderindo aos princípios de Iaidō, o usuário executa um golpe rápido e poderoso, com sua espada para cortar o alvo pretendido, antes de usar imediatamente a lâmina depois. Quando usado por Mifune, a técnica era forte o suficiente para cortar a grande cabeça da salamandra de Hanzō, Ibuse.

Issen
Flash
Rank: C
Descrição: Um rápido ataque à distância, onde o usuário balança sua espada em um alvo após revesti-la em chakra, liberando um chakra crescente acentuado no arco que a lâmina foi balançada.

Yōjinbō

Risco da Dança da Lâmina
Rank: C
Descrição: Mifune executa um corte rápido em direção ao seu adversário, cortando-o. O adversário só sente o dano quando Mifune guarda sua espada.

Samurai Gatana
Sabre Samurai
Rank: D
Descrição: Exclusiva para Samurais, esta técnica utiliza o conceito de Fluxo de Chakra semelhante as técnicas da Andorinha Voadora e Kusanagi no Tsurugi: Chidorigatana. Através do uso de fluxo de chakra, o usuário canaliza o seu chakra através de suas espadas, estendendo tanto o alcance como a capacidade de corte da lâmina, permitindo ao usuário disparar rajadas de chakra sempre que a lâmina é balançada. Este chakra liberado é capaz de causar grande destruição, como demostrando quando esses projéteis penetraram completamente um pilar de pedra considerável, antes de continuar a danificar as imediações. Os samurais também têm demonstrado a capacidade de usar a transformação da forma durante a implementação desta técnica, esculpindo suas lâminas de chakra respectivas em várias armas rudimentares que se estendem para além das dimensões naturais de suas espadas originais, tais como espadas cravadas, eixos e até machados. Esta capacidade permite-lhes usar espadas menores, mantendo um maior alcance, danos e a possibilidade de realizar ataques surpresa quando necessário. Esta qualidade de transformação também parece ampliar o tamanho das rajadas de chakra disparadas pela lâmina, formando uma gama diversificada de projéteis que inclui serras circulares gigantes e eixos de chakra, a forma aparentemente dependente da estrutura da arma previamente formada.

Ver perfil do usuário http://saikaireborn.forumeiros.com

#2
Fuera de línea
em Qua Fev 07, 2018 10:26 pm


avatar


O sol ainda não nasceu. Há apenas um vestígio magenta ao leste atrás das montanhas, anunciando que a aurora está próxima. A fumaça da xícara de chá quente em minhas mãos fazia o vidro frio da janela suar. Passo meu dedo na superfície embaçada e o silêncio que paira no cômodo faz o ruído do atrito parecer muito alto.

Ah... Mais uma vez eu venho te dar bom dia.  Observo as quedas d'água através do meu reflexo na janela.


Não sei bem o que está havendo comigo, ando despertando antes do habitual e não tenho dormido direito. Encaro agora minha imagem e vejo que pareço um pouco cansada. Com um resfôlego, relaxo meus ombros sob minha blusa branca e tomo um gole de chá.

Amargo... Tal como esta maldita ansiedade. Mas não irá durar mais do que hoje.

Finalmente chegara o dia.

Deixo a xícara pela metade alí mesmo em cima da mesinha, pego minha mochila que já havia preparado desde a noite anterior e a katana que estava encostada ao lado da minha cama. A porta range ao correr para a esquerda e eu tento ser o mais furtiva possível; não gostaria de dar explicação a ninguém. As estradas sinuosas estão calmas e cobertas por uma fina camada de névoa. Ainda está escuro e quieto. As águas das cachoeiras jogam-se do penhasco para abastecer o lago do vale abaixo, que mais parece sem fundo. O barulho sumia em sua profundidade escondida pelos milhões de gotículas que se espalhavam pelo ar formando uma espécie de nuvem. Nunca me canso de apreciar essa visão. Nunca se sabe se terei mais uma oportunidade de contemplar novamente. Por um momento, me perco em pensamentos vazios numa paisagem tão rica. Os primeiros raios de sol escalam as montanhas e alcançam meu rosto com um toque morno, me puxando novamente para a realidade. É gostoso de sentir. Fecho meus olhos, suspiro. Passo a caminhar na direção da entrada da vila, sentindo o beijo da brisa matinal em minhas bochechas, braços e pernas. Ouço um barulho de cascos e rodas de madeiras contra o chão de pedra. Um senhor idoso passa por mim e acena com a cabeça, dando bom dia. Retribuo o comprimento e ele se vai em sua carroça.

Vou descendo a colina e as árvores começam a surgir, fechando o caminho. Devo chegar à Midagakure antes do sol se por. Isso se eu não encontrar nenhum empecilho no caminho. Ando em silêncio por algumas horas, com a mão na bainha. Trilha tranquila, apenas pequenos animais correndo e escondendo-se em moitas e troncos largados, apodrecidos cobertos de musgo. A mata não é muito densa. Não nesse ponto que é a estrada habitual que os viajantes pegam para ir de uma vila para outra. Na medida que o clima esquenta, a neblina se dissipa, revelando um pouco mais a frente. Paro para comer alguma coisa quando chego em uma clareira. Deve ser perto do meio dia. O sol está no alto do céu. Sento sob a sombra de uma das árvores, tiro a mochila das costas e desembalo meu amoço. Você deve estar achando estranho tanta calmaria. Já eu... Bom, eu acho melhor assim. Não gostaria de me atrasar ou chegar em um estado desagradável. Olho para cima e noto que o céu muda. Vê? Nuvens pesadas e escuras como chumbo se formam lentamente. Acredito que vá ser breve, porém mesmo assim eu odiaria me molhar, portanto não perderei tempo e logo embalo de volta minha comida e guardo na bolsa. Me ergo, apoiando as mãos nos joelhos.

Vamos lá então. Digo, retomando minha tragetória.

Ver perfil do usuário

Mensagem [Página 1 de 1]

Novo Tópico  Responder ao tópico