Bem-Vindo(a) ao Saikai!
Registre-se para ter acesso a todos os fóruns do RPG e poder interagir com os players. Usuários também podem criar fichas e iniciar seu personagem na história.
Login Registrar-se

Foto

[Normal - D] O ritual - Ryuu



  • Por favor, inicie sesión para responder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
Fuera de línea
em Dom Jul 23, 2017 12:22 pm


avatar


O ritual
Tipo de Missão: Normal
Rank: D
Integrantes: Ryuu
Vila: Akagakure
Recompensa: Normal D - 30 XP, 300 Ryous
Rolamento de Aparição: Sim
Narração: Com Narração
Objetivo: Animais na área leste da floresta, fora de Akagakure, tem cada vez mais aparecido sem parte de seus corpos, comumente coração. Sua missão é investigar e descobrir o culpado por isto. A prioridade, neste caso, não é matar, mas capturar - a inteligência tem grande interesse quanto ao culpado.

Código:
[quote][b]O ritual[/b]
[b]Tipo de Missão:[/b] Normal
[b]Rank:[/b] D
[b]Integrantes:[/b] Ryuu
[b]Vila:[/b] Akagakure
[b]Recompensa:[/b] Normal D - 30 XP, 300 Ryous
[b]Rolamento de Aparição:[/b] Sim
[b]Narração:[/b] Com Narração
[b]Objetivo:[/b] Animais na área leste da floresta, fora de Akagakure, tem cada vez mais aparecido sem parte de seus corpos, comumente coração. Sua missão é investigar e descobrir o culpado por isto. A prioridade, neste caso, não é matar, mas capturar - a inteligência tem grande interesse quanto ao culpado.[/quote]

Ver perfil do usuário

#2
Fuera de línea
em Seg Jul 24, 2017 7:31 pm


avatar


Kasumi Ryuu

Depois de receber o pergaminho da missão via coruja mensageira, me preparei e segui para o local citado. Durante o caminho, busquei me exercitar ao máximo, assim mantendo meu sangue quente o suficiente para entrar em uma luta já preparado, caso necessário.  

HP: 30
CH: 40
ST: 71
(ross)

Ver perfil do usuário

#3
Fuera de línea
Convidado
em Seg Jul 24, 2017 8:20 pm




Convidado



O Ritual | Missão |

O mundo mudara. Muitas coisas ão eram como antes. Ou pelo menos não eram tão visíveis. Ryuu já não era uma criança qualquer, ele já era um ninja e como ninja tinha de estar preparado para todos os tipos de situações. Uma coisa é ter que estar, outra é está. Logo teria que cuidar de algo sobrenatural, que até o momento não havia visto. Seria ele corajoso o suficiente para enfrentar? Ou esperto para fugir? As escolhas decidiriam quem ele seria.

O sol jazia escondido por detrás das nuvens. Eram exatamente 6 horas da manhã quando um corvo acordou o gennin entregando-lhe a missão. O pergaminho que lhe fora entregado denunciava desaparecimentos de diversos tipos de animais, o que mais chamara a atenção do ninja, fora que aqueles que foram encontrados tiveram seus corações arrancados. Seria um tipo de psicopata? Ou um ritual? Esta era a missão do garoto. Descobrir o que estava acontecendo e capturar aquele que estava fazendo estes ataques. Não demorou para levantar-se e preparar para a missão. Minutos depois jazia atravessando as ruas da vila indo em direção ao portão da vila. Teria que passar por ali para chegar até a floresta.

- Ei você! - Ouviu-se um grito vindo do alto do portão. O ninja que proclamara desapareceu e reapareceu a frente do garoto. - Aonde pensa que está indo? - Interrogou o garoto. O ninja era imprudente, logo lhe confiscara o pergaminho que jazia em suas mãos. - Uma missão... Então foi você o escolhido para a missão... - Ele parecia saber alguma coisa.

Diante de Ryuu estava um ninja que possivelmente portava alguma informação sobre essa missão. Dependeria do garoto fazer o interrogatório ou seguir de uma vez para o local, já que o ninja o dispensara.

#4
Fuera de línea
em Seg Jul 24, 2017 8:31 pm


avatar


Kasumi Ryuu

Interrompido por um vulto tão veloz quanto um relâmpago, permaneci parado, enquanto ouvia o veloz e estranho ninja pensar em voz alta. Ele leu o pergaminho que estava comigo e me dispensou para sair da vila, mas isso atiçou minha curiosidade sobre aquilo tudo, parecia ser algo de extrema importância para a vila. - O que você sabe sobre esta missão? Qual ser tem feito tantas vítimas na região? Perguntei à ele, esperando para prosseguir.

HP: 30
CH: 40
ST: 71
(ross)

Ver perfil do usuário

#5
Fuera de línea
Convidado
em Seg Jul 24, 2017 9:02 pm




Convidado



O Ritual | Missão |

As pessoas são diferentes umas das outras. Isto é provado. Algumas pessoas são mais agressiva que outras, mais alegres e mais perturbadas. Mas o que mudava as pessoas? Eram relações ou acontecimentos? É provado que ambos. Todo mundo está a mercê de mudanças, os mais fracos é julgados por mudarem por serem fracos, os fortes... julgados por aguentarem e serem melhores que outros. Mas e os fracos? O que dizer? São culpados pelas mudanças pelo fato de serem fracos? Sabemos que a vida não é justa. Nem para os fracos e muito menos para os fortes. Ryuu a pergunta está fixada. És fraco ou forte? Pois o ninja a sua frente se diz forte.

- Não sei muita coisa. - Ele disse inicialmente. - Mas os ataques acontecem ao anoitecer. - Informou virando-se de costa. - Cuidado, apesar de você ser ninja, você ainda é novo e tem coisas que ainda não viu. Boa sorte. - Finalizou.

O ninja desapareceu em questão de segundos. Ryuu percebera que o ninja em questão estava tremulo, suas palavras saiam forçadas. Ele parecia esconder alguma coisa, não estava convicto em suas palavras. O ninja queria ter falado mais, mas algo o impedia. Ryuu não poderia fazer mais anda a respeito. O ninja havia desaparecido e junto a ele suas informações.

O garoto estava livre para prosseguir sua missão.

#6
Fuera de línea
em Seg Jul 24, 2017 9:35 pm


avatar


Kasumi Ryuu

Estranho. O homem sumiu de repente sem dar explicação alguma do lugar para qual ia, e o jeito como havia falado me deixava com um pé atrás quanto à vericidade de suas palavras, tinha algo sobre tudo aquilo que ainda não sabia. Enfim, continuei meu caminho para a área leste da floresta buscando entender mais sobre a situação, também desejando adquirir maior experiência como ninja. Durante os primeiros passos, degustei o sabor de um pão caseiro que havia trazido em meu bolso e isso acabou por impulsionar minha "juventude" ao extremo.

HP: 30
CH: 40
ST: 70
(ross)

Ver perfil do usuário

#7
Fuera de línea
Convidado
em Seg Jul 24, 2017 11:00 pm




Convidado



O Ritual | Missão |

Incerto quanto ao dialogo anterior, Ryuu prosseguiu sua missão partindo em direção a floresta. A medida que ia avançando não sentia mais o calor provenientes dos raios solares. A árvores ao seu redor impossibilitava qualquer raio solar de chegar até o solo. O solo por sua vez jazia em escuridão completa. Pouco se via naquela parte da floresta, ele estava alcançando o seu interior. A escuridão aumentava e ofuscava qualquer ponto de luz, ao solo não havia plantas desenvolvidas e sim mortas. Devido a falta de raio solar, elas não conseguiam fazer fotossíntese. Chegando um pouco mais ao centro, sentia uma baixa circulação de ar, a respiração estava comprometida.

Não havia qualquer som. O único existentes era seus batimentos cardíacos. Conseguia ouvir nitidamente. Tum...Tum...Tum... Talvez aquele som durasse mais tempo, ou talvez cessasse. isso dependeria dos acontecimentos a seguir. De repente um vulto atravessou a floresta em uma rápida velocidade. Seria um animal? E de novo. Este vulto pulava de uma direção á outra sem que Ryuu conseguisse o captar, ele era veloz. Um questionamento... Mais veloz que Ryuu?

Um corpo cortou o ar e caiu a frente do garoto. Assim como as outras vitimas, o coração daquela criatura havia sido retirado. Um lobo de tamanho médio jazia a sua frente, morto.

#8
Fuera de línea
em Ter Jul 25, 2017 1:35 am


avatar



-x-
-x-
Kasumi Ryuu


Um corpo despencou já desfalecido em minha frente e a causa de sua morte provavelmente era a falta de seu coração, que parecia ter sido arrancado a força. Me virei para não vomitar e precisei de alguns segundos para me recompor, para então averiguar melhor aquilo. Apesar de ter tido nojo do animal morto, em meu coração nascia um sentimento que só seria saciado se houvesse justiça. Coloquei meus braços para baixo e os relaxei junto ao meu corpo, visando atingir um nível de concentração maior e assim conseguir adquirir a localização do "monstro" se ainda estivesse perto ou de quaisquer ameaça próxima.

Ao adquirir as informações sobre o ambiente, tentaria seguir para o ponto no qual achava que o alvo estava. No caso de não ter obtido a localização da criatura, ou mesmo tendo ido na direção apontada pelo seu chakra, utilizaria de uma arte aprendida na academia shinobi que me permitia analisar e de certa forma interagir mentalmente com os arredores, assim poderia adquirir uma maior informação sobre o paradeiro e, talvez, sobre a espécie do ser vivo que tinha feito aquilo. Visava, em todas as ações, atingir um posicionamento melhor quanto à desvantagem de estar no habitat de uma fera selvagem que obviamente conhecia melhor o lugar do que eu.


Técnicas Utilizadas:
Spoiler:


Keimon
(Visão)
Rank: D
Descrição: Rock Lee e Maito Gai se concentrando podem sentir a presença(espírito) do adversário, através do chakra do mesmo, podendo se defender e atacar em plena escuridão, ou de olhos fechados.


Sachijutsu
Jutsu de Perseguição
Nota: Ao usar essa técnica, você analisará o local e encontrará evidências do paradeiro de seu alvo de acordo com sua contagem em Percepção. O Narrador deve postar quais evidências você encontrou. Caso a Inteligência do alvo seja maior que a sua percepção, ele pode bolar armadilhas falsas, levando a paradeiros errados.
Nota 2: Não consome chakra, nem Estamina;
Rank: E
Descrição: A Técnica de Procura consiste em uma série de métodos utilizados por shinobi durante perseguições para acompanhar e localizar seus inimigos.
Tem sido mostrados várias formas para o uso dessa técnica, que geralmente consistem em analisar mudanças não-naturais no ambiente circundante para encontrar rastros deixados por um fugitivo, que denunciam que alguém pode ter passado por ali:
— Pegadas deixadas no caminho.
— Galhos quebrados de árvores.
— Marcas deixadas no musgo de alguma árvore.
— Pedaços de pedra no chão podem indicar há quanto tempo um fugitivo passou por aquele local. Isso pode ser verificado ao observar a umidade nos lados da pedra.
— Durante sua fuga, o alvo pode acidentalmente correr sobre flores e remover suas pétalas, denunciando sua passagem por aquele local.
— Se o alvo é específico e o perseguidor tiver conhecimento sobre ele, o perseguidor pode ainda procurar por características únicas que o alvo possa ter deixado.

Alguns shinobi demonstraram diferentes formas de perseguir e localizar seus alvos, fazendo uso de técnicas mais avançadas como técnicas sensoriais, para localizar através do chakra; olfato de ninken, para localizar através do cheiro; dōjutsu como o Byakugan, para localizar através da visão; entre outros.


HP: 30
CH: 40
ST: 68


Ver perfil do usuário

#9
Fuera de línea
Convidado
em Ter Jul 25, 2017 4:17 pm




Convidado



O Ritual | Missão |

Ryuu olhara para o animal morto e para não vomitar ele se virou de costa. Um erro. Naquela floresta ele não poderia abaixar a guarda, nem por um segundo. Virar-se de costa para o além era a mesma coisa que entregar-se por vencido. O vento foi cortado por uma presença. Essa presença era rápida e precisa. Ryuu conseguiu sentir uma presença vindo em sua direção, mas o enjoo o impossibilitou de se mexer ou se esquivar. Sentiu garras cortar suas costas no sentido horizontal, indo de um lado ao outro. A presença continuo seu percurso, não parou após ter acertado o garoto. Sumindo na floresta adentro.

O garoto sentia uma forte dor em suas costas, sentia seu sangue escorres e pintar suas roupas. Além disso um ardência sem igual era provida daquele ataque, um ataque produzido por garras. Não era um ferimento falta, mas deixaria marcas. Marcas duradouras.

O garoto tinha que ser mais esperto se quisesse derrotar o "animal" em questão. Relaxar-se durante o combate tornava-se altamente perigoso. Contudo não fora atacado novamente e aquela brecha o deixou atingir uma concentração máxima. Ele conseguia sentir toda a presença em um alcance mediano. Conseguia sentir certos animais de pequenos portes se moverem, conseguia sentir o rastejar de outros, cobras possivelmente. E muito mais além uma grande presença movendo-se rapidamente. Este era o seu inimigo.

Seguiu em direção a presença. Ela se movia rapidamente, logo deixaria o raio de alcance de suas técnicas. Ryuu surpreendia-se com a velocidade de tal "monstro", ele não era o único. O monstro também estava surpreso que um ninja como aquele pudesse lhe perseguir. Não sentiu a presença do mesmo por muito tempo, de súbito uma explosão de chakra fora sentida e Ryuu o perdera. Utilizando de técnicas de perseguição encontrou diversos galhos quebrados durante o caminho, além disso uma grande quantidade de sangue cobria as folhas.

Seguindo os rastros ele deparou-se com uma visão não muito bela. Ao longe jazia um monstro com aparência humanoide, as diferenças mais marcantes, era que ele possuía pelos altos por toda a parte do corpo e de suas mãos garras compridas se destacava-se. Estava de costas para Ryuu. A frente do humanoide jazia um corpo, e ao seu redor uma enorme poça de sangue. Diferente da vítima passada, este era um humano.

Obs: Cuidado com o que você narra. Narrando que sentiu-se enjoo e demorou um tempo para se recompor, seu inimigo utilizou isso para lhe causar danos. - 4 de HP.

#10
Fuera de línea
em Ter Jul 25, 2017 5:11 pm


avatar



-x-
-x-
Kasumi Ryuu


Depois de perseguir uma presença enorme de chakra, encontei com o possível alvo. Ele estava em pé de costas para mim e com um corpo em sua frente, era óbvio que aquilo era o animal que havia me atacado anteriormente. Meu erro era ter aberto minha guarda, e não o repetiria, acabaria com aquela fera antes que ela pudesse fazer outra vítima.

Coloquei os braços em minha frente em forma de "X", mantendo uma posição defensiva enquanto colocava minha arma secreta em ação. "Sem isso não poderei vencer..." Pensei. Meu corpo atingia uma tonalidade levemente diferente da normal, meus músculos se tornavam ainda mais rígidos, tudo visando abrir o primeiro dos portões internos de chakra. 2 segundos seriam necessários.

Ao acabar, uma grande quantidade de chakra envolveria meu corpo para então me fortalecer por completo, porém à um custo que era minha própria saúde, que diminuia de momento em momento. Tinha de acabar com aquilo rapidamente. Usando de minha velocidade natural, somada à um talento específico (Vantagem: Velocidade anormal), correria em direção ao meu inimigo, e tentaria lhe acertar um chute com uma postura caída com a intenção de levantá-lo aos ares. Então, se ocorresse tudo como o pensado, lhe acertaria um golpe com o calcanhar visando acertar sua cabeça ou abdomen, com a intenção de envia-lo ao chão diretamente.


Portão Interno de Chakra:
Spoiler:

Kaimon - Portão de Abertura
Vantagens: 5 pontos em Taijutsu, Velocidade, Constituição e 20 pontos em Estamina.
Desvantagens: 2 pontos de dano por turno.
Duração: 5 Rodadas.
Permite Executar: Omote Renge

Estilo em Uso:
Spoiler:


Taitataki Ryuu
Estilo Palmas Invertidas
Rank: C
Descrição: Baseia-se em impactos com mãos, pés, joelhos e cotovelos, para atingir diferentes partes do corpo quebrando vários ossos do corpo atingido, também é conhecido como estilo interminável por que Rock Lee emenda muitos golpes parecendo que não tem fim.

Técnicas Utilizadas:
Spoiler:


Konoha Shōfū
Vento da Folha Nascente
Rank: C
Descrição: Esta técnica utiliza todo o corpo, como uma mola, por poder acumular através da adoção de uma postura em que a parte de trás do corpo cai. Com este poderoso taijutsu, o usuário inicia logo acima da cabeça. Porque o poder do chute do solo é imediatamente convertido em um golpe, o inimigo atingido com esse ataque será lançado para cima.


HP: 34 [-4 do ferimento e -2 do portão]
CH: 30
ST: 84 [-5 pelo Konoha Shofuu e -1 por ativar e manter o estilo] [+ 20 pelo uso do Portão]


Ver perfil do usuário

#11
Fuera de línea
Convidado
em Ter Jul 25, 2017 6:03 pm




Convidado



O Ritual | Missão |

O verdadeiro poder do garoto fora despertado. Ele portava habilidades para com a abertura de portões. Um poder que agregava uma grande força, mas também garantia um grande dano. Uma grande pressão fora gerando quando o primeiro portão fora criado. Nesta primeira abertura, o garoto conseguira aumentar sua velocidade e força. Não cometera o erro de antes, antes mesmo que o se virasse partiu em sua direção desferindo um potente chute vindo de baixo. O humanoide não tivera tempo de se esquivar, já que havia pego de surpresa. No alto, Ryuu tentara prosseguir com o ataque tentando desferir um chute na altura da cabeça daquele que voava. Contudo, nem tudo eram flores.

O inimigo de súbito se recuperava e elevava ambas as mãos na altura de sua cabeça. O chute desferido fora contra a cabeça e as mãos do atacante se fecharam em volta da perna do mesmo. O impacto fora reduzido. As mãos seguraram firme a perna do garoto, enquanto as garras se fechavam arranhando a perna do garoto.

A conclusão para aquele primeiro confronto resultou-se em vários arranhões na perna do garoto e uma grande dor na altura do peito do humanoide. O inimigo ainda segurando as pernas do garoto empurrou-o para longe, enquanto utilizava de sua velocidade e força para aterrissar sem grandes impactos.

De frente Ryuu conseguira ver a aparência do mesmo. Ele tinha um tom de pele roxo e em algumas partes de seu corpo o cabelo se destacava. – Você não sabe com quem está mexendo! – Gritou a criatura. Após o fim das palavras de sua garganta um potente grito fora criado. O grito era forte o suficiente para que uma onda fosse criada alcançasse uma grande área. Aqueles dentro da área sentiriam uma grande em seus ouvidos o que os impediria de se mover por alguns instantes esses que foram bem utilizados pelo homem lobo. O chakra era exalado em maior quantidade e o lobo movia-se ainda mais rápido que antes. Este partia em direção ao garoto tentado deferir cortes precisos na altura de seu peito, rosto e pernas.

Obs: - 6 de Hp.

#12
Fuera de línea
em Ter Jul 25, 2017 7:49 pm


avatar



-x-
-x-
Kasumi Ryuu


Tentaria esquivar do eminente ataque com minha velocidade acrescida pelo meu talento (Vantagem: Velocidade Anormal) usada em conjunto com um ninjutsu de locomoção corporal que aprendi na academia ninja. Buscava ficar longe o suficiente para ter tempo de atingir um nível ainda maior de meu poder.

Era tudo ou nada. O momento da verdade tinha chegado. Repeti o movimento anterior posicionando meus braços em forma de "x" e assumindo uma postura defensiva. Uma força ainda maior estava para ser adquirida, junto a uma velocidade também maior. Meu corpo tinha sua tonalidade mudada por aquele poder e se tornava vermelho como se meu sangue fervesse. O dano em mim seria grande mas com aquilo poderia pelo menos causar danos graves ao adversário.

- É você... QUE NÃO SABE COM QUEM ESTÁ MEXENDO! Gritaria. Durante meu grito, correria em direção ao humanoide e quando ficasse cara a cara com ele, atingiria uma velocidade ainda maior somando a agilidade do Portão da Cura com a Técnica de Locomoção em Alta Velocidade, assim dando a impressão de que sumia em frente aos olhos do monstro, ou pelo menos essa era a intenção, para assim aparecer sobre suas costas visando golpeá-las com ambas as mãos ao mesmo tempo, o que teria o objetivo de empurrá-lo para frente com a força do impacto. Para finalizar, agarraria o corpo do animalesco homem por suas costas e o apertaria com todas as forças tentando pelo menos quebrar algum osso ou mesmo causar grande desconforto, já que estava  com a parte superior de seu corpo já doendo. Daria ênfase aos braços e as garras mantendo-os juntos ao corpo dele devido ao agarrão.

Apesar de usar toda a força naqueles movimentos não buscava matar, mas sim conter e causar danos suficientes para impedir que o combate continuasse, pois minha missão era levar aquela espécie para ser analisada na vila.


Portão Interno de Chakra:
Spoiler:

Kyūmon - Portão da Cura
Vantagens: 10 pontos em Taijutsu, Velocidade, Constituição e 40 pontos em Estamina.
Desvantagens: 5 pontos de dano por turno.
Duração: 5 Rodadas.

Estilo em Uso:
Spoiler:


Taitataki Ryuu
Estilo Palmas Invertidas
Rank: C
Descrição: Baseia-se em impactos com mãos, pés, joelhos e cotovelos, para atingir diferentes partes do corpo quebrando vários ossos do corpo atingido, também é conhecido como estilo interminável por que Rock Lee emenda muitos golpes parecendo que não tem fim.

Técnicas Utilizadas:
Spoiler:


Taijutsu Undō Chō Kōsoku
Movimento de Técnica Corporal em Alta Velocidade
Rank: C
Descrição: Um método de taijutsu onde o usuário pode mover-se em altas velocidades que são dificilmente acompanhadas a olho nu, que permite realizar uma série de ataques físicos consecutivos.



Shunshin no Jutsu
Técnica da Cintilação Corporal
Rank: D
Descrição: A Técnica de Cintilação Corporal é uma técnica de movimento em alta velocidade, permitindo que um ninja mova-se de uma curta para uma longa distância a uma velocidade quase indetectável. Para um observador, ele aparece como se o usuário tivesse teletransportado. Uma baforada de fumaça é ocasionalmente usada para disfarçar os movimentos do usuário. Ela é realizada usando chakra para vitalizar temporariamente o corpo e se mover em velocidades extremas. A quantidade de chakra necessária depende da distância total e elevação entre o usuário e o destinatário.
Diferentes vilas ocultas usualmente têm variações da Técnica de Cintilação Corporal, que envolvem algum elemento extra além do próprio movimento. O elemento extra é normalmente algum tipo de substância usada para distrair o oponente, como folhas ou areia. Gaara, por exemplo, usa a Cintilação Corporal de Areia (砂瞬身, Suna-Shunshin), que utiliza areia para cobrir seus movimentos. Outras variedades incluem a Cintilação Corporal de Névoa (霧瞬身, Kiri-Shunshin), Cintilação Corporal de Água (水瞬身, Mizu-Shunshin) e Cintilação Corporal de Folha (木ノ葉瞬身, Konoha-Shunshin).
Shisui Uchiha, que era conhecido por seu uso desta técnica, era temido como "Shisui da Cintilação Corporal" (瞬身のシスイ, Shunshin no Shisui). Sempre que ele empregou esta técnica, Shisui desaparecia de vista, não deixando nenhum vestígio de sua presença.
O Quarto Raikage combinou a Técnica de Cintilação Corporal com a Armadura da Liberação de Relâmpago que lhe permitiu esquivar mesmo do Amaterasu em uma fração de segundo. Quando seu pai utilizou a técnica, parecia que um raio aparecia e desaparecia da área, e ele pôde evitar o Liberação de Vento: Rasenshuriken duas vezes, apesar da imensa velocidade da técnica.


HP: 23 [-6 do Ferimento e -5 do Portão]
CH: 28 [-2 por utilizar o Shunshin]
ST: 98 [-5 pelo Taijutsu Undō Chō Kōsoku e -1 por ativar e manter o estilo] [+40 pelo uso do Portão]


Ver perfil do usuário

#13
Fuera de línea
Convidado
em Ter Jul 25, 2017 8:57 pm




Convidado



O Ritual | Missão |

Apesar de veloz ele não era mais rápido que o som. Logo sentira uma grande dor em seus tímpanos. Nada mais escutaria durante um bom tempo. Contudo ele fora rápido o suficiente para se esquivar dos ataques corporais. Distanciando-se e tendo tempo o bastante para liberar um novo portão. A batalha não demorou muito após a abertura, sua velocidade era superior ao do lobo homem e sua força fora capaz de esmagar os braços do homem que utilizou-os para defender. O golpe acertava em cheio o adversário do garoto, tornando-o vencedor. Sua missão por parte havia sido finalizada, teria ao menos que levar o inimigo para a vila para que o policiamento da vila o prendesse. Ryuu não só havia terminado sua missão como derrotara um inimigo forte. Ele ficara mais forte.

- 4 de Hp. Devido ao grito.
- Faça um post de encerramento! Feito isso voltarei para lhe entregar a recompensa.
- Após a finalização da missão, deve postar no hospital para que cuidem de seus ferimentos e sua dor nos tímpanos.

#14
Fuera de línea
em Ter Jul 25, 2017 11:24 pm


avatar



-x-
-x-
Kasumi Ryuu


Desativei o portão e também meu estilo por não precisar mais deles, o combate estava acabado. Soltei o corpo já desmaiado do homem lobo e soltei uma bufada pela boca, apesar de ter ganhado havia recebido alguns danos mas nada era de grave importância. Agora com os braços esmagados aquele animal já não me faria mal. Peguei-o do chão pelos braços e comecei a arrastá-lo. Meu rumo? A vila.

Ao chegar em Akagakure procuraria algum encarregado do policiamento para prender o meliante e o levar para a base da inteligência da vila. Agora, tinha de ir ao hospital. No momento, não conseguia ouvir sons ou quaisquer ruído e isso talvez tivesse sido causado pelo urro daquele indivíduo animalesco, mas agora estava seguro e podia partir para o hospital. Quanto aos ferimentos em minhas costas e pernas, teria também de cuidá-los.


HP: 19 [-4 do Ferimento]
CH: 28
ST: 58


Ver perfil do usuário

#15
Fuera de línea
Convidado
em Ter Jul 25, 2017 11:32 pm




Convidado

Missão finalizada!
Normal D - 30 XP, 300 Ryous
Ataduras obtidas!

#16
Fuera de línea
Conteúdo patrocinado





Mensagem [Página 1 de 1]